"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo de cores tão intensas... lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da voz fascinante de Petra Magoni... que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"

4 de mar de 2011

Foto do post... Jane Birkin




Hoje vou ficar quieta, encistada e vou vasculhar meus cantos escuros em busca de relíquias e rendas, umas porcelanas muito finas, papéis guardados, cristais díspares e o brilho dos teus olhos. Vou lembrar da tua cabeça descansando sobre meu ventre e do silêncio que pousava em teus cabelos úmidos. E vou lembrar mais uma vez. E outra. E vou sentir o peso do teu desamparo e da tua entrega e a felicidade sem arabescos, a felicidade branca dos lençóis emaranhados e a mudez embargada da minha voz. E vou lembrar mais uma vez. E outra. E vou esquecer e depois vou relembrar como se há muito tivesse esquecido e vai parecer que encontrei uma jóia atrás da estante. E vou ter meus olhos estrelados como tive naquele dia e vou fechá-los para encerrar em mim teu segredo de fraqueza. Guardarei secretamente comigo o quanto ali me amaste.

Patricia Antoniete

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nem sempre as poesias que posto tem a ver com o que estou passando ou sentido. Muitas vezes posto uma poesia pela sua beleza, ou então porque me toca, ou porque, de uma certa forma, me identifico com as palavras do poeta, e as visto.
Vista-se também!...