"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo de cores tão intensas... lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da voz fascinante de Petra Magoni... que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"

27 de abr de 2011

Foto do post... Carla Bruni




o silêncio tem vozes sem nome
que não possuem sossego até serem ouvidas

a casa que habitamos ecoa memórias
uma porta entreabre-se para o fundo de um grito
como se por um momento tudo regressasse à sua morte

os contornos da terra hesitam em sua posição
um lume mínimo espanta-nos os dedos
e é uma força subtil

algo dentro e fora da casa nos convida à totalidade
porém o fogo reclama ainda o nosso corpo

um passo mais e a solidão será real

Vasco Gato

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nem sempre as poesias que posto tem a ver com o que estou passando ou sentido. Muitas vezes posto uma poesia pela sua beleza, ou então porque me toca, ou porque, de uma certa forma, me identifico com as palavras do poeta, e as visto.
Vista-se também!...