"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo de cores tão intensas... lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da voz fascinante de Petra Magoni... que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"

23 de dez de 2011

Foto do post... Ellen von Unwerth




Liberdade para ver e ouvir o que é,
em vez de o que deveria ser, foi ou será.

Liberdade de dizer o que se sente ou se pensa,
em vez de o que se deveria sentir ou pensar.

Liberdade de sentir o que se sente,
em vez de o que se precisa sentir.

Liberdade de perguntar o que se quer saber,
em vez de sempre esperar por permissão.

Liberdade de correr riscos por conta própria,
em vez de escolher apenas a “segurança” de não virar o barco.

Virginia Satir

Um comentário:

  1. É nesta liberdade de sentimentos que lhe deixo as minhas palavras de agradecimento pela sua presença em minha vida, durante este ano.

    Feliz Natal e que o próximo Ano lhe traga muitas coisas boas, como merece.

    Beijinhos Helena
    oa.s [cecilia]

    ResponderExcluir

Nem sempre as poesias que posto tem a ver com o que estou passando ou sentido. Muitas vezes posto uma poesia pela sua beleza, ou então porque me toca, ou porque, de uma certa forma, me identifico com as palavras do poeta, e as visto.
Vista-se também!...