"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo de cores tão intensas... lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da voz fascinante de Petra Magoni... que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"

25 de dez de 2011

Foto do post... Lily Cole




Intervalo

Às vezes,
Todas as dores de uma vida inteira
Gritam...

Às vezes,
Nas mãos, os gestos de perdão
Petrificam...

Às vezes,
As canções dos anjos
Emudecem...

Às vezes,
Os silêncios , numa praia derradeira
Desaguam...

Às vezes...
Só às vezes...

Vera Muniz

Um comentário:

  1. Tão calmamente corre esta viagem
    A terra anda devido ao amor
    O que é isso de amar com amor?
    O que é isso de o perder sem dor?

    O que é isso de acreditar
    Às vezes Deus carrega ao colo um justo
    Às vezes uma reza acende o Sol a meio da noite
    Às vezes duvido acreditando a custo

    Abracei o mundo este natal
    Lembrei passados desvanecidos
    Senti aromas que pensei perdidos
    Senti que a vida me infligiu mil castigos

    Senti que a solidão era a porta para a razão
    Que era uma criatura sem grande importância
    Senti que ainda não tinha traçado todos os rumos
    Que não há longe perto da distância

    ResponderExcluir

Nem sempre as poesias que posto tem a ver com o que estou passando ou sentido. Muitas vezes posto uma poesia pela sua beleza, ou então porque me toca, ou porque, de uma certa forma, me identifico com as palavras do poeta, e as visto.
Vista-se também!...