"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo de cores tão intensas... lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da voz fascinante de Petra Magoni... que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"

24 de out de 2012

Foto do post... Viviane Mok


 
 Quando pela primeira vez olhei uma pintura verdadeira 
dei alguns passos atrás instintivamente 
sobre os calcanhares 
procurando o local exacto de 
onde pudesse explorar sua profundidade. 

 Foi diferente com as pessoas: 
Construi-as, 
amei-as, mas não cheguei a amá-las plenamente. 
Nenhuma chegou tão alto quanto o tecto azul. 
Como numa casa inacabada, parecia haver uma folha de plástico 
por cima delas, 
por vez do telhado 
no princípio do outono chuvoso da minha compreensão. 

 Luljeta Lleshanaku

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nem sempre as poesias que posto tem a ver com o que estou passando ou sentido. Muitas vezes posto uma poesia pela sua beleza, ou então porque me toca, ou porque, de uma certa forma, me identifico com as palavras do poeta, e as visto.
Vista-se também!...