"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo de cores tão intensas... lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da voz fascinante de Petra Magoni... que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"

5 de nov de 2012

Foto do post... Hayden Christensen


 
Livro antigo

violetas secas entre páginas de livros 
onde em tempos anunciaram o amargor da noite 
e a humidade tremenda das insónias
o mar 
o mar ao longe
debruça-se então para o interior do livro 
lê qualquer coisa sobre o coração dos líquenes 
ou deambula de sílaba em sílaba onde 
os dedos se mancham de tinta e no cérebro 
ergue-se uma planta de cinza noite adiante
fechou o livro ao amanhecer 
era como se tivesse envelhecido séculos 
com as violetas 
fecha a persiana e adormece

 Al Berto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nem sempre as poesias que posto tem a ver com o que estou passando ou sentido. Muitas vezes posto uma poesia pela sua beleza, ou então porque me toca, ou porque, de uma certa forma, me identifico com as palavras do poeta, e as visto.
Vista-se também!...