"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo de cores tão intensas... lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da voz fascinante de Petra Magoni... que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"

22 de dez de 2012

Foto do post... Lily Cole



Recordar os gestos de amanhã

quem serei amanhã?
se somos outro para cada um
em cada hora.

quem serei
quando acordar sozinho, 
fechado na minha tímidez 
a passar o portão da fábrica, 
a entrar e sair do gabinete 
do encarregado dos serviços gerais?

e se não for o mesmo 
quando paro ao meio da manhã
para comer, ao sol, 
a maçã com a menina zefa?

quem serei 
quando recordar a noite branca,
as páginas roubadas à morte,
quando fantasiar 
outra vez ainda
sobre o almoço da cantina
desta vez em salzburgo
desta vez jantar
desta vez dançando

quem serei amanhã
quando não souber
o caminho do bairro operário
todos os cumprimentos
todos os olhares
todos os silêncios?

quem serei
quando não me vestir
da pessoa certa
para poder ter
as maçãs 
e as noites brancas?

Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nem sempre as poesias que posto tem a ver com o que estou passando ou sentido. Muitas vezes posto uma poesia pela sua beleza, ou então porque me toca, ou porque, de uma certa forma, me identifico com as palavras do poeta, e as visto.
Vista-se também!...