"A todos os visitantes de passagem por esse meu mundo de cores tão intensas... lhes desejo um bom entretenimento, seja através de textos com alto teor poético, das fotos de musas que emprestam suas belezas para compor esse espaço ou das notas da voz fascinante de Petra Magoni... que nem vejam passar o tempo e que voltem nem que seja por um momento!"

30 de set de 2012

Foto do post... Zoomorphisme


 
 Metade mulher metade pássaro 
Metade anémona metade névoa 
Metade água metade mágoa 
Metade silêncio metade búzio 
Metade manhã metade fogo 
Metade jade metade tarde 
Metade mulher metade sonho 

 Jorge de Sousa Braga

29 de set de 2012

Foto do post... Rosalie Denik



Requiem

 Ao lado dos mortos que me chamam de 
muito perto, na clareira do bosque, 
deito-me sem querer, sem saber, 
e, encostando o rosto à erva, 
digo em voz baixa o meu nome, 
a minha morada, 
levanto uma palavra, uma prece,
 uma lápide, 
e parto. 

 José Agostinho Baptista

26 de set de 2012

Foto do post... Yuri  Bonder


 
 Para mulheres que compreendem recomeços

Só notei a primavera quando fui bater o meu tapete na janela. E percebi que as cores das flores estavam mais vívidas que as poeiras do meu passado. A vida me sorria lá fora como um jardim... Eu não havia parado para notar setembro. Estava presa em casa com um cisco no olho.

Karinne Santiago

23 de set de 2012

Foto do post... Barbara Taurua


 
 O resgate do fruto 
 Era demasiado amor. Demasiado grande, demasiado confuso e arriscado, e fecundo, e doloroso. Tanto quanto eu podia dar, mas mais do que me convinha. Por isso se desmoronou. Não se esgotou, nem se acabou, nem morreu, desmoronou-se apenas, veio abaixo como uma torre demasiado alta, como uma aposta demasiado alta, como uma esperança demasiado alta. 
 Almudena Grandes

22 de set de 2012

Foto do post... Dmitry Bocharov


 
Insônia

Silêncio.
Madrugada.
Rua vazia.
Uma lua branca de linho
estendida no escuro,
sobre o nada.
Num momento insone,
conversam confidentes
Presente, Passado, Futuro.
Um pensamento corta o espaço,
versejando a esmo.
Escuto passo:
É meu coração abrindo a porta de mim mesmo.

Flora Figueiredo